Amor: a nossa melhor entrega

por Natália O. Siqueira Campos Poroca

image
Casal de carteiros Alcivânia e Manoberto

Histórias de famílias que começaram dentro dos Correios

“Esse turu turu aqui dentro, que faz turu turu quando você passa…” Relacionamento no ambiente de trabalho é mais comum do que se imagina. Colegas de trabalho passam muito tempo juntos, o que contribui para se conhecerem melhor e estabelecerem afinidades. Respeitando a política da empresa para relacionamentos, não há mal nenhum, afinal, “consideramos justa toda forma de amor…”.

Em uma empresa do tamanho dos Correios, que carinhosamente chamamos de família, não são raros os casos de vínculos familiares que de fato começaram aqui dentro.

Os empregados Manoberto Rodrigues da Silva e Alcivânia Rocha Paiva se conheceram nos Correios e começaram o namoro após um encontro na casa de um amigo que também trabalha na empresa. Hoje, casados e pais de 2 filhos, Davi (4 anos) e Dante (3 meses), os dois continuam trabalhando juntos no Centro de Distribuição Domiciliária Ribeira.

“Costumo dizer que os Correios me deram mulher, filho, casa, carro e um monte de outras coisas. Por isso também passamos para os nossos filhos essa visão de orgulho e amor praticamente do berço”, disse Manoberto.
foto familia
O relacionamento entre colegas de trabalho foi o tema da pesquisa promovida pelo International Stress Management do Brasil (Isma-BR). Ela apontou que casais que atuam na mesma corporação conseguem entender melhor as angústias vividas no dia a dia, assim como outras peculiaridades da vida profissional. De acordo com a pesquisa, 80% dos entrevistados disseram ter uma atitude compreensiva em relação ao trabalho, carga horária e estresse do outro. Quando comparados a parceiros que trabalham em organizações diferentes, somente 37% têm a mesma compreensão.

“Poder saber que o companheiro compreende e ajuda na vida profissional é de suma importância para um relacionamento”, afirmou o carteiro do Centro de Distribuição Domiciliária Ribeira.

f14d21c8-c6f9-4d64-a846-d7f9fec566c5
leonardo e kheila

Leonardo Henrique de Lima e Kheila Mendes estão juntos há 10 anos, se conheceram quando passaram a trabalhar na mesma agência, e veem como vantagem estarem ligados ao trabalho mesmo quando estão em casa. “Claro que o trabalho não pode ser o único assunto do casal, mas essa ligação nos ajuda a montar estratégias, somar conhecimento, para que nosso desempenho cresça cada vez mais”, explicou Leonardo, acrescentando que apesar de possuírem visões diferentes, compartilham da mesma gratidão pelo trabalho. “A gratidão nos mantém motivados a continuar buscando atingir melhores resultados”, disse.

Não existe receita para manter um relacionamento saudável no trabalho, mas a dica universal é respeitar o código de conduta organizacional, manter a discrição, e não expor muito o relacionamento no horário de trabalho. Nos Correios, o Código de Conduta Disciplinar de Pessoal da Empresa, aborda as relações no ambiente de trabalho ao estabelecer algumas restrições em respeito ao princípio da administração pública da impessoalidade.

E para manter a longevidade do relacionamento? Manoberto acredita na força do companheirismo e cumplicidade que une o casal.

“Sempre falo que às vezes eu e Vânia nos completamos e na maioria das vezes transbordamos. É por isso que a amo tanto e que tenho o prazer de conquistar tudo ao lado dessa mulher forte e destemida”, declarou.

Companheirismo também é a palavra chave para Leonardo, que acrescenta a necessidade de paciência e compreensão. “O amor é a base de tudo, mas convivência nos exige mudanças e adaptações de comportamento. Compreender as diferenças que às vezes podem parecer defeitos, mas na verdade serem complementos do que nos falta, tudo com paciência e companheirismo”.

O que diz o Código de Conduta Disciplinar de Pessoal:

“3.1 Ao empregado é proibido: ll) nomear, designar ou contratar cônjuge, companheiro ou parente em linha reta ou colateral, por consanguinidade ou afinidade, até o terceiro grau, observadas as exceções constantes no artigo 4º da Lei 7.203/2010; mm) designar, transferir e/ou manter cônjuge, companheiro, ou parente em linha reta ou colateral, até o terceiro grau, para exercício de suas atividades sob sua chefia imediata;”

Fonte: CCom – Correios do RN

Anúncios

Gravado em Parelhas, Bacurau vence prêmio do Júri do festival de Cannes

9D13C59B-A63F-4E85-9DE5-6182C86EAB63

Por Cefas Carvalho, do portal Potiguar Notícias

O filme brasileiro “Bacurau” ganhou o Prêmio do Júri no Festival de Cannes neste sábado (25), juntamente com o francês “Les Misérables”. Na prática, a premiação funciona como o terceiro lugar e consiste em uma das maiores vitórias de um filme brasileiro no festival, um dos mais prestigiados do mundo.
O filme é dirigido por Kléber Mendonça Filho e Juliano Dornelles e foi gravado no município de Parelhas, no Rio Grande do Norte, no ano passado, na comunidade de Barra, mobilizando diversas pessoas como figurantes e apoio para a produção. No elenco, entre nomes desconhecidos e jovens, a estrela Sonia Braga e o alemão Udo Kier.
A Palma de Ouro de melhor filme foi para “Parasite”, de Bong Joon-ho. É o primeiro filme coreano a vencer a Palma de Ouro na história do festival.
No festival, são distribuídos sete prêmios. O mais importante é a Palma de Ouro. Além dele há o Grand Prix, o Prêmio do Júri e estatuetas nas categorias de direção, roteiro, ator e atriz. Um dos destaques foi a vitória do espanhol Antonio Banderas como melhor ator em “Dolor y Gloria”, de Pedro Almodóvar.

Fonte: Saiba Mais

Números apresentados em audiência pública mostram viabilidade dos Correios no RN

fe9c79a773a213ccca52ce8c23df9d4c

As consequências de uma possível privatização dos Correios foi tema de Audiência Pública realizada na manhã desta sexta-feira (24/05), na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte.
O deputado Francisco do PT, propositor do debate, abriu a audiência declarando que o tema é estampado rotineiramente na mídia e redes sociais.

“O desejo do atual governo federal em privatizar diversas estatais é apresentado quase que diariamente. Os Correios, que tem um papel importantíssimo em todo o país, principalmente em lugares ermos, de difícil acesso, onde empresas privadas não querem atuar, é um dos principais alvos para a privatização”, afirma Francisco, que ainda alega o fato da Estatal manter parcerias com municípios, Estado e com a União para serviços de logísticas como entrega de livros didáticos, material biológico e provas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Em 2018, a empresa se destacou no serviço de entrega de encomendas, com o aumento de 20% da receita bruta.

O superintendente dos Correios no RN, Rodrigo Medeiros, participou da audiência e apresentou as funcionalidades e serviços oferecidos pela empresa que, segundo ele, é comum a toda família brasileira, mas muitos não conhecem as suas peculiaridades. “Em dois anos estamos em novo crescimento. Não podemos negar que decisões equivocadas de gestões passadas trouxeram prejuízos, mas retomamos o crescimento desde 2017 e estamos investindo num melhor funcionamento, principalmente no monopólio postal de mensagem que representa 40% da nossa receita”, defendeu o superintendente.

Para José Rivaldo da silva, presidente da Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresa de Correios e Telégrafos e Similares – FENTECT, os Correios é uma empresa viável e salutar. “Temos exemplos de cidades potiguares que só têm o Banco Postal – serviço oferecido pelos Correios – para servir a população. Os correios é uma empresa de integração nacional, o governo federal precisa estudar a empresa antes de pensar em privatizar”, declarou Rivaldo.

A senadora Zenaide Maia (PROS) alegou que uma empresa estatal observa a população como o todo, já uma empresa privada priorizará o lucro e tratará diferente um grande centro que traz resultados positivos de uma pequena cidade que poderá gerar prejuízos. “Fiquei feliz com a apresentação do superintendente da estatal que exibiu números que comprovam a viabilidade dos Correios aqui no RN”, disse Zenaide.

O representante da Central Única dos Trabalhadores (CUT), José Teixeira, explanou que “Os Correios é uma estatal com todas as possibilidades de continuar nos orgulhando e orgulhando a quem constrói a empresa, por isso a CUT vem aqui deixar claro a toda população e companheiros, que vamos lutar nas ruas deste país contra a privatização”.

Já o presidente Sindicato dos Trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios, Telégrafos e Similares do RN, afirma que o Governo Federal é neoliberalista, busca destruir toda a conjuntura nacional e a classe trabalhadora precisa blindar os Correios. “Para privatizar precisara passar por cima de milhares de trabalhadores que irão defender seus empregos conseguidos através de concursos públicos”, falou Edson Silva.

Dário Barbosa, representante da CSP-Conlutas, trouxe o modelo americano de gestão das empresas estatais, afirmando que o serviço de fornecimento de águas dos EUA é controlado pelo estado devido a importância do setor. “O Governo Bolsonaro declarou guerra contra os trabalhadores, mentindo sobre déficit, enquanto verificamos que a empresa caminha com suas próprias pernas”, explica Dário.

Após a exposição dos integrantes da Mesa, o debate foi aberto ao público participante. Nos depoimentos, opiniões a favor da permanência do monopólio dos correios e outras em defesa da privatização.

Os presentes que defenderam a permanência dos correios enalteceram a importância da empresa no sistema estatal. Já os que querem a privatização manifestaram a opinião que os Correios são uma empresa defasada e que não é ruim abrir o mercado, pois o problema maior é o monopólio, porque as empresas se acomodam e não existe eficiência nos trabalhos.

Fonte: ALRN

GANHA DA CERVEJA: O café é a segunda bebida mais consumida entre os brasileiros

redepratika_sem4_abr

Resultado de imagem para cafezinho

O café é a segunda bebida mais consumida entre os brasileiros, ficando atrás somente da água. A constatação faz parte de pesquisa inédita, encomendado pela Jacobs Douwe Egberts (JDE), empresa detentora das marcas Pilão e L’OR, em parceria com a Aocubo Pesquisa. O levantamento sugere, ainda, que o brasileiro consome, em média, 3 a 4 xícaras de café por dia.

Em relação ao tipo do café, cerca de 79% dos consumidores afirmam tomar torrado e moído com maior frequência, mas outros segmentos também despontam entre a preferência dos brasileiros, como cappuccinos, expresso e solúvel, informa a empresa, em comunicado.

A pesquisa revela que o café tem uma penetração extremamente alta no Brasil: 98% dos lares consomem café. Pode-se dizer que é uma das poucas categorias cujo consumo reflete o perfil da população brasileira. Também é possível dividir o consumo da categoria em dois momentos: o início da relação com o café, entre 18 e 35 anos, onde o consumo é mais moderado, até o consumo mais intenso, a partir dos 40 anos.

A conclusão que se tem com o estudo é que é inegável a importância cultural do café entre os brasileiros. É uma bebida de papel social imprescindível em interações sociais, como visitas, encontros e reuniões de trabalho. Tudo gira em torno de uma xícara de café.

A pesquisa, que tem como objetivo analisar o perfil do consumidor e entender seus hábitos de consumo, ouviu cerca de 3,4 mil pessoas em todo Brasil.

NOTÍCIAS AO MINUTO

Documentário sobre ativista dos Direitos Humanos Marcos Dionísio, será exibido na UFRN

Por Rafael Duarte
marcos-dionisio

Advogado e ativista dos Direitos Humanos no Rio Grande do Norte, Marcos Dionísio Caldas (1961 – 2017) terá sua vida e trajetória contadas em documentário.O lançamento de “A Rua Grita Dionísios” acontece na próxima quinta-feira (23), a partir das 18h30, no auditório da Biblioteca Central Zila Mamede, na UFRN.

O filme é dirigido por Anália Alencar e Sérgio Ferro.

Após a exibição do documentário haverá debate sobre o processo de produção com a equipe realizadora, abordando temáticas como cultura em direitos humanos e segurança pública na contemporaneidade.

O filme relata a trajetória de militância em Direitos Humanos de Marcos Dionísio Medeiros Caldas, partindo de uma narrativa subjetiva e feminina que tece os pontos de intersecção entre a história de vida de Marcos e a atual crise de violência e desigualdade social no Rio Grande do Norte.

Marcos Dionísio foi presidente do Conselho Estadual dos Direitos Humanos e se destacou como um grande mediador de conflitos. Ele esteve à frente, por exemplo, do comitê popular da Copa, que ajudou a evitar a desapropriação de dezenas de moradores em razão das obras do Mundial de 2014 organizado pela Fifa no Brasil.

Filiado ao PCdoB, Marcos Dionísio morreu em 2017 em decorrência de câncer.

O evento é uma realização do Centro de Referência de Direitos Humanos Marcos Dionísio, Adurn-Sindicato, Sinsenat, além dos mandatos do deputado estadual Sandro Pimentel (PSOL) e da deputada federal Natália Bonavides (PT)
WhatsApp-Image-2019-05-17-at-18.54.55

Fonte: Agência Saiba Mais

Ex-jogador que fez história no futebol potiguar precisa de ajuda devido a problema de saúde do filho

4fe01bbfd15e89380867cb62103d1cc0
Foto: Oscar Xavier

O ex-jogador “Carioca”, com passagens pelo ABC, América e Alecrim precisa da ajuda das torcidas para enfrentar problema familiar. o filho dele sofre de adenite mesentérica, que é um inchaço dos gânglios linfáticos. Esta condição é também chamada de “linfadenite mesentérica”. Foi feito tratamento e agora os nódulos voltaram a aparecer impossibilitando-o de se alimentar normalmente.

A criança precisa de uma alimentação especial, sem lactose e totalmente integral e que tem um custo mais elevado e você pode ajudar transferindo ou depositando qualquer valor na conta do ídolo do América.

Conta para contribuição:

Caixa Econômica Federal

AG: 0035

OP: 013

CC: 00216957-9

José Augusto Altino de Santana (Carioca)

Com informações da FNF

Alho, dono de inúmeros benefícios para a saúde, também é um poderoso antibiótico natural; saiba como fazer

antibiotico-natural_16031_l
Foto: Ilustrativa

Um excelente antibiótico natural que pode ser útil para complementar o tratamento de diversas doenças é o alho. Para isso, basta comer 1 dente de alho cru por dia para alcançar seus benefícios.

No entanto, também é possível fazer um xarope natural para tomar durante o dia, tornando mais fácil ingerir um dente de alho. Este antibiótico de alho é uma alternativa caseira para tratar infecções bacterianas comuns e pode ser usado para melhorar o sistema imune, sendo que neste caso deve ser ingerido mesmo depois problema estar tratado.

O alho cru também faz bem ao coração e uma outra forma de consumi-lo é cortar em pedacinhos, regar com azeite e usar para temperar uma salada ou batatas cozidas, por exemplo. As cápsulas de alho, encontradas em farmácias de manipulação, também alcançam o mesmo efeito.

Como preparar a água de alho

Ingredientes

1 dente de alho cru
1 xícara (café) de água, com cerca de 25 ml

Modo de preparo

Coloque o dente de alho cru descascado na xícara de café com água fria e esmague-o na água. Após 20 minutos de molho nesta água o antibiótico está pronto. Basta somente beber a água, podendo jogar fora o alho.

Uma boa dica para tornar mais fácil tomar esta água de alho é acrescentá-la a sucos ou batidos da sua preferência, pois as propriedades mantêm-se.

Alho reduz o colesterol e a pressão alta

O alho, especialmente o alho cru, é utilizado há vários séculos como tempero e como alimento medicinal devido aos seus benefícios à saúde, que são:

Combater o colesterol e os triglicerídeos altos, por conter alicina;
Reduzir a pressão arterial, pois relaxa os vasos sanguíneos;
Prevenir trombose, por ser rico em antioxidantes;
Proteger o coração, por baixar o colesterol e os vasos sanguíneos.

O alho pode ser usada como tempero de carnes, peixes, saladas, molhos e acompanhamentos como arroz e macarrão.

Além disso, é importante lembrar que o alho cru é mais potente que o cozido, que o alho fresco é mais potente que o alho velho, e que os suplementos de alho não trazem tantos benefícios quanto o seu consumo natural. Além do alho, consumir gengibre diariamente também ajuda a baixar a pressão alta.

Como utilizar o alho para proteger o coração

Para proteger o coração, deve-se dar preferência à utilização de alho fresco, que pode ser adicionado como tempero de preparações culinárias, colocado na água ou tomado na forma de chá.

Água de Alho

Para preparar a água de alho, deve-se colocar 1 dente de alho amassado em 100 ml de água e deixar a mistura descansar durante toda a noite. Essa água deve ser consumida em jejum para que ajude a limpar o intestino e reduzir o colesterol.

Chá de Alho

O chá deve ser feito com 1 dente de alho para cada 100 a 200 ml de água. Deve-se adicionar o alho picado ou amassado em água fervente por 5 a 10 minutos, retirar do fogo e beber morno. Para melhorar o sabor, pode-se adicionar raspas de gengibre, gotas de limão e 1 colher de mel ao chá.

Receita de Pão de Alho
Ingredientes

1 colher de sopa de manteiga amolecida sem sal
1 colher de sopa de maionese light
1 colher de café de pasta de alho ou alho in natura bem picado ou amassado
1 colher de café de salsinha picadinha
1 pitada de sal

Modo de Preparo

Misturar todos os ingredientes até virar uma pasta, espalhar nos pães e embalar em papel alumínio antes de levar ao forno médio por 10 minutos. Retirar o papel alumínio e deixar por mais 5 a 10 minutos, para dourar o pão.

Tua Saúde

%d blogueiros gostam disto: