25 de Janeiro – Dia do Carteiro

No dia 25, fazemos uma homenagem ao trabalhador que permanece firme de sol a sol, que enfrenta dificuldades diárias para conseguir realizar o seu compromisso com a sociedade, uma profissão muito mais antiga do que imaginamos. O Carteiro tem papel fundamental no desenvolvimento do país.

A FINDECT renova, a cada ano, seu compromisso com esta grande categoria. Pois, somente juntos, unidos e fortes, será possível enfrentar os ataques e avançar nas vitórias!

👏🏿👏🏻 Parabéns, Guerreiros e Guerreiras! 👏🏿👏🏻

Fonte: Findect

Anúncios

24 DE JANEIRO – UMA HOMENAGEM DA FINDECT AOS TRABALHADORES E TRABALHADORAS APOSENTADOS DOS CORREIOS

No dia 24 de janeiro é comemorado o dia do aposentado, uma homenagem àqueles que lutaram e ainda se mantêm firmes e fortes na luta, na defesa dos direitos e benefícios conquistados.

Os aposentados, no Brasil, trazem na memória e no físico as marcas de uma vida de trabalho intenso, da resistência nos momentos mais difíceis, e das experiências nas lutas travadas. As contribuições foram muitas, enquanto jovens. Agora, é o momento de ter seus esforços reconhecidos pela sociedade. Os direitos à uma aposentadoria digna, ao acesso à saúde de qualidade, e à uma condição de vida satisfatória, são a recompensa por toda a luta e dedicação ao longo de vários anos.

Histórico:

Os Trabalhadores dos Correios foram os primeiros, enquanto categoria, a receber o direito à aposentadoria. O Decreto nº 9.912-A, de 26 de março de 1988, fixava em 30 anos de serviço e idade mínima de 60 anos como requisitos para aposentar-se. Somente em 1923 uma lei foi criada (35 anos depois) garantindo o acesso à aposentadoria para outras categorias.

Reforma da Previdência

E ainda há muito o que lutar! Nos últimos meses, após a sangrenta e traiçoeira reforma trabalhista, aprovada pelo congresso brasileiro, a discussão em pauta é a reforma (ou mutilação) da previdência. Querem pôr fim ao acesso dos Trabalhadores e Trabalhadoras brasileiros, em especial os mais pobres, que mais precisam de assistência social, à uma aposentadoria digna.

Assistência médica também está em risco:

Nos Correios, a atual administração deixa claro que não quer mais continuar pagando a assistência médica aos aposentados e familiares. Após anos da conquista deste importante benefício, garantido a partir de milhares de demissões e muita força dos companheiros e companheiras que já não estão mais na ativa, o governo ilegítimo age e trai aqueles que tanto fizeram pelos Correios.

Por isso, é importante manter-se filiado ao Sindicato, continuar participando ativamente das assembleias, decidindo sobre seu futuro, e contribuindo ainda mais com os que ainda estão na ativa.

Aos aposentados e aposentadas, todo o respeito e consideração por tudo o que já fizeram. A FINDECT tem como compromisso, através de sua diretoria de aposentados, lutar pela manutenção de todos os direitos e benefícios conquistados.

Fonte: Findect

Alunos do Curso de Gestão de Sistemas e Serviço de Saúde da UFRN, faz entrevista sobre o SUS.

9ea57e22-fd5a-415a-b8b2-26eb4edcee43

Recebi na CTB/RN dois alunos do Curso de Graduação de Sistemas e Serviços em Saúde, do Departamento de Saúde Coletiva  do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Gisele Cavalcante Dantas e Ronaldo Dantas. Oportunidade em que me entrevistaram sobre o SUS – Sistema Único de Saúde, como parte de um trabalho de campo do referido curso.

Dia Nacional de Mobilizações no Rio Grande do Norte terá programação unificada

Governo volta atrás e reinclui Serviço Social na nova estrutura do INSS

Pressão dos trabalhadores, com destaque para as ações orientada pela FENASPS e organizadas pelo Sindprevs RN, foi determinante.
 Por meio da Portaria de número 414, de 28 de setembro de 2017, o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) manteve o Serviço Social na nova estrutura do INSS, após tentar excluí-lo do Regimento Interno. A pressão dos trabalhadores, com destaque para as ações orientada pela FENASPS e organizadas pelo Sindprevs RN, foi determinante para a revisão do documento. Uma delas foi o ato público realizado no dia 28 de setembro, em frente ao INSS da Rua Apodi, em Natal.

%d blogueiros gostam disto: