CTB-RN realiza 1º Encontro de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais nesta sexta-feira (17/02)                   

 

banner-encontro-trabalhadores-rurais

Centenas agricultores e agricultoras, assalariados e assalariadas rurais participam no próximo dia 17 de fevereiro do 1º Encontro Estadual de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais da CTB Rio Grande do Norte.

A atividade acontece na cidade de Macaíba, a partir das 8h30 e será acompanhado pelo secretário de Políticas Agrícola e Agrária nacional, Sérgio de Miranda que debaterá com os sindicalistas os impactos da Proposta de Emenda Constitucional 287/16 para os trabalhadores e trabalhadoras do campo.

A PEC 287/06, apresentada pelo governo de Michel Temer, promove uma ampla reforma da previdência considerada altamente prejudicial para o conjunto da classe trabalhadora. No entanto, os trabalhadores e trabalhadoras rurais serão duplamente prejudicados em razão do aumento da idade mínima e da mudança na contribuição individual.

“Essa mudança é um tiro de misericórdia em trabalhadores do campo, que convivem com uma rotina exaustiva e degradante de trabalho, o que pode contribuir para o aumento do êxodo rural. De acordo com a sazonalidade, homens e mulheres do campo chegam a cumprir uma jornada mínima de 12 ou 14 horas diárias na lavoura”, ressaltou com preocupação Sérgio de Miranda.

Também estão confirmadas as presenças do secretário Estadual da Reforma Agrária, Raimundo Costa; do secretário Municipal de Agricultura de Macaíba, Francisco Maia; do secretário Estadual do Esporte, Canindé de França (ex secretário estadual da Reforma Agrária) e possivelmente o vice-governador do RN, entre outras autoridades.

Cinthia Ribas com CTB-RN                

 

METADE DOS MINISTROS DE TEMER ESTÃO ENROLADOS COM A JUSTIÇA.

Dos 26 atuais ministros do presidente Michel Temer, 12 são réus, alvos de inquérito ou enrolados em algum escândalo.

A acusação mais comum é a de improbidade administrativa, que atinge quatro deles: Eliseu Padilha (Casa Civil), Helder Barbalho (Integração), Gilberto Kassab (Ciência) e José Serra (Itamaraty).

Os demais crimes envolvem corrupção, fraude de licitação, peculato e até falsidade ideológica.

Fonte: Blog do Eliel Bezerra

ELEIÇÕES SINTECT/RJ : ELEITA CHAPA 1 (CTB) – RONALDÃO REELEITO!

 Ronaldão reeleito presidente do SINTECT/RJ AGRADECE A VITÓRIA!
 Lideranças sindicais comparecem ao local da apuração e prestigiam vitória!
 Ontem (22) pela manhã Ronaldão ao lado de lideres sindicais visita o CTE – Benfica
Ontem (22) por volta das 2 horas da madrugada saiu o resultado! Chapa 01 eleita com 2.129 51,69% (CTB)
Veja resultado oficial: Chapa 1 (CTB) – 2.129; Chapa 2 (CUT/CSP-Conlutas) 1.589; Chapa 3 (Intersindical) – 407; Votos válidos: 4,125; Votos brancos: 120 e Nulos: 154. Total: 4.399.
Valeu a luta! A força, a garra, a determinação e o apoio  dos companheiros de São Paulo, Rio Grande do Norte, Tocantins e Maranhão, que também fundamental para essa vitória.
Prestigiaram a vitória o Presidente do CTB/RJ, Ronaldo Leite; Moacir Soares – Presidente da CTB/RN; Diviza, Guiné e demais diretores do SINTETC/SP; Diretores do SINTECT/MA; Diretores do SINTECT/TO, Eduardo Vasconcelos – CPC/RN e outras lideranças partidárias e demais sindicalistas.
No final Ronaldão agradeceu a todos e conclamou os demais trabalhadores para unir-se cada vez por melhores condições de trabalho e mais conquistas na área das reivindicações.  ” 2017 será um ano de muitas lutas, conquistas e avaliações em prol dos associados.” Concluiu Ronaldão.

PRESIDENTE DA CTB/RN MOACIR SOARES PARTICIPA DE ATO A FAVOR DA CHAPA 1 NAS ELEIÇÔES DO SINTECT/RJ

 Moacir Soares (esquerda) ao lado de Ronaldão e de Ronaldo Leite – CTB/RJ
 Eduardo Vasconcelos – CTP/RN, Ronaldão e Moacir Soares – CTB/RN
 Eduardo Vasconcelos – Presidente do  CPC/RN também seu apoio e solidariedade aos componentes da Chapa 1
 Moacir Soares – CTB/RN após participar do ato, participou de uma importante reunião com lideranças sindicais dos correios/RJ.
 Wilson Liderança do Maranhão, presente também ao ato de apoio a Chapa 1
Presidente do CTB/RN, Moacir Soares (fotos acima), está no Rio de Janeiro desde do último sábado reforçando a campanha da Chapa 1 do SINTECT/RJ, cuja chapa é encabeçada pelo líder sindical, Ronaldão (Ronaldo Ferreira Martins) .  Na manhã desta segunda feira (19/12) houve um ato em prol da chapa 1 no prédio central dos correios no Rio, na Avenida Presidente Vargas, onde Moacir levou sua solidariedade e apoio aos membros da chapa.
Para Moacir Soares esses apoios que vem não só do Rio Grande do Norte, mas de outros estados, como São Paulo, Tocantis, Maranhão, entre outros mostra que a categoria dos  trabalhadores brasileiros dos Correios estão unidos e contra a politica de Michel Temer e de chapas que nunca fizeram o bem para a categoria.
Já foram inúmeras conquistas alcançadas pelo sindicato do Rio de Janeiro, e isso incomoda muita gente, principalmente aos que anda ao lado dos patrões. A Chapa 1 está no caminho certo, por isso garante o dirigente  da CTB potiguar que a vitória será bonita.  Concluiu, Moacir Soares.
A Chapa 1 é composta por: RONALDO FERREIRA MARTINS – Presidente; ROSEMERI DE FARIAS TEODORO – Secretária; Geral; SEBASTIÃO DA SILVA BRAZIL – Secretário de Economia e Finanças; PEDRO ALEXANDRE SANTANA – Secretário de Imprensa e Comunicação. PEDRO ALEXANDRE SANTANA DA SILVA – Secretário de Formação e Política Sindical. Educação e Cultura, entre outros/as grandes guerreiros/as.

Sob a marca da luta e resistência, CTB celebra nove anos de história nesta segunda (12/12)

ctb-noveanos

Nesta segunda-feira (12) a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) completa 9 anos de luta em defesa da classe trabalhadora e de seus direitos. Chega ao nono aniversário enfrentando a mais difícil conjuntura política, social e econômica dos últimos 13 anos no Brasil.

Atualmente, a CTB representa os direitos de seis milhões de trabalhadores, de 1.112 entidades filiadas em todo o país e é a central sindical que mais cresce, com 10,38% de representatividade, segundo a última aferição do Ministério do Trabalho.

“A CTB tem uma compreensão de que a construção unitária das centrais sindicais é um fator estratégico para o fortalecimento da classe trabalhadora. Foi exatamente o esforço de construção desta unidade que possibilitou, a própria legalização das centrais, que o presidente Lula homologou através de um projeto, em 2008, bem como a conquista da política de valorização do salário mínimo, uma das mais importantes para a classe trabalhadora e que atende a 46 milhões de brasileiros”, diz.

Com esta convicção, a central vem enfrentando desde o final de 2014 a crise política e buscando, com muita mobilização, barrar o retrocesso e a retirada de direitos trabalhistas, que já coloca em risco conquistas como a política de valorização do mínimo.

Este foi um ano de intensas atividades da central em todas as frentes, com a presença dos dirigentes cetebistas no debate público e a promoção de seminários sobre a previdência, terceirização, conjuntura e os caminhos de resistência, saúde pública, cursos de formação e atos públicos coordenados em todo o país.

A luta contra a precarização das condições de trabalho proporcionou um protagonismo ainda maior à CTB, que junto às outras centrais, vem apontando alternativas ao crescimento do país, buscando dialogar com setores empresariais e manter canais abertos com o governo. Visando sempre preservar direitos e garantir os benefícios já assegurados à classe trabalhadora.

A busca constante de diálogo é certamente uma marca da atual gestão da CTB, que parte para o seu décimo ano de vida com o desafio de preservar direitos que andam seriamente ameaçados pelo governo ilegítimo de Michel Temer. “O movimento sindical precisa ter clareza de seu papel frente a estes desafios, à conjuntura complexa e às adversidades.  O caminho é resistir a todo custo. Nenhum direito a menos”, diz Araújo.

Para celebrar este momento desafiador para toda a classe trabalhadora brasileira, a CTB lembra as palavras do eterno comandante Fidel Castro: “Não nos enganemos achando que adiante tudo será fácil; talvez tudo seja mais difícil”. E para 2017, a mensagem é resistir a todo custo. Vida longa à CTB!

Portal CTB

 

%d blogueiros gostam disto: