Archive | janeiro 2013

O CARA SOU EU DEPOIS DO CASAMENTO-PARODIA (ROBERTO CARLOS)

Anúncios

SINTECT-RN encaminharar desfiliação da FENTECT

 

EDITAL

 ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

         Convocamos os trabalhadores representados por esta entidade e quites com suas obrigações sindicais, para comparecerem à Assembléia Geral Extraordinária que se realizará no Auditório Ronbinson Faria, na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte e na Sub-Sede em Mossoró/RN, no dia 30/01/2013 (quarta-feira), a instalarem-se em primeira convocação às 18h30 e, em segunda convocação às 19h, conforme o estatuto do Sindicato, tendo a seguinte ordem do dia:

● Discutir e deliberar sobre a desfiliação da FENTECT, e filiação à FINDECT, em conformidade com o art. IV do nosso estatuto.

Natal, 28 de janeiro de 2013. 

Francisco Moacir Soares

Presidente

Correios: festa custou R$ 15,5 mi sem licitação

Instituição respeitada no passado, os Correios chegam aos 350 anos com corpinho de 350, com direito a “plástica”: a festa comemorada há dias em cinco capitais, custou R$15,5 milhões sem licitação. A “Parada Musical” com Paralamas do Sucesso, Plebe Rude e outras bandas, teve como estrela principal no Rio a inevitável Preta Gil, cuja profissão de filha de Gilberto Gil lhe rende uma alegada “popularidade”.

No popular

Com o objetivo de “popularizar a cultura”, a ECT confiou o evento à Trade Network Participação, escolhida por “notória especialização”.

Celebridade

A ECT não divulgou o cachê dos artistas, nas festas do Dia do Carteiro. E o País só tem a celebrar os atrasos na entrega da correspondência.

       Correio ‘jovem’

A Trade Network incorporou a Geo Eventos, ligada à Rede Globo. Os Correios patrocinam o festival de rock Lollapalooza, da Geo.

FONTE: http://www.claudiohumberto.com.br

TST impede Correios de demitir carteiro com alcoolismo crônico

 

Funcionário ofendeu colegas de trabalho enquanto estava embriagado e foi dispensado por justa causa, mas tribunal concluiu que ele não tinha plena consciência

Loja do  Correios (Foto: Divulgação)
Loja do Correios (Foto: Divulgação)

A demissão com ou sem justa causa de um funcionário não pode mais ser justificada em função de dependência de álcool. O Tribunal Superior do Trabalho (TST) decidiu que o alcoolismo é uma doença crônica e que deve ser tratada na vigência do contrato de trabalho, ou seja, deve haver assistência ambulatorial ao empregado.

A decisão foi tomada depois que um carteiro do Correios foi demitido por justa causa. Ele admitiu que, “em estado de confusão mental causada pela ingestão de remédios e álcool”, ofendeu seus colegas de trabalho. A sentença do tribunal afastou a justa causa por reconhecer que o alcoolismo é uma doença.

O carteiro em questão possui antecedentes hereditários de alcoolismo e preenchia seis critérios do DSM-IV, o Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais. Um dependente de álcool, portanto. A conclusão do Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região (DF/TO) foi a de que ele não tinha consciência plena dos atos praticados.

O TST analisou um agravo de instrumento apresentado pelo Correios e confirmou que a decisão do órgão regional estava acertada.

De acordo com o ministro Augusto César de Carvalho, o carteiro não podia ter sido dispensado se era portador de alcoolismo crônico, também classificado como doença e catalogado no Código Internacional de Doenças.

Entretanto, a embriaguez em serviço de empregado saudável, não alcoólatra, ainda constitui uma falta grave e pode justificar a aplicação de justa causa na demissão.

CTB lança chapa à reeleição no Sintect-RJ

Os trabalhadores dos Correios do Rio de Janeiro já se preparam para eleger seus representantes. Começa a partir desta terça-feira (29), a eleição para o Sindicato dos Trabalhadores dos Correios do Rio de Janeiro (Sintect-RJ) que se estende até a quinta-feira (31). A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), disputa a reeleição.

sintect rj

A CTB está à frente do sindicato há três mandatos e tem protagonizado uma árdua luta em defesa da categoria, vitoriosas campanhas salariais, sempre com aumento real de salário, além da histórica conquista dos 30% de adicional de periculosidade para os carteiros e a anistia de centenas de trabalhadores demitidos injustamente por greves.

Durante toda gestão, o Sindicato também tem se destacado pela postura firme na luta contra o desmonte da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) e qualquer tentativa de privatização. A Gestão também tem denunciado ainda as perseguições contra trabalhadores nas unidades de trabalho.

Neste ano, a CTB, através da Chapa 1 (Responsabilidade, Independência e Conquistas), tenta a reeleição para dar continuidade ao trabalho. O secretário-geral do Sindicato e candidato pela chapa, Ronaldo Martins (Ronaldão) destaca que a chapa conta com sindiclsitas experientes.

“Nossa Chapa conta com companheiros de luta, mas nós conseguimos alcançar uma grande renovação, de cerca de 50%, com trabalhadores da base que fecharam com a gente nesse novo projeto. Tivemos um mandato classista e de vitória. Alcançamos conquistas importantes para os trabalhadores, marcas como a vitória dos 30% de adicional de periculosidade para os carteiros e a reintegração de centenas de companheiros demitidos injustamente, além da conquista da isonomia para todos os trabalhadores. Firmamos acordos coletivos de vitória, onde os trabalhadores tiveram uma recuperação real de salário. Queremos dar continuidade ao trabalho e nosso caminho é o da luta classista, independente, e sempre em defesa da categoria”, finalizou Ronaldão.

Portal CTB com Vermelho

DESMORALIZAÇÃO DO GOVERNO ROSADO : DESEMBARGADOR PEDE A PRISÃO DE DOIS SECRETÁRIOS ESTADUAIS.

Como um governo se desmoraliza? Fácil. Basta ver o histórico dos dois anos da administração de Rosalba Ciarlini Rosado (DEM), cujo governo, uma coalizão do DEM com o PMDB, trouxe o passado à gestão pública. 

Do caos instalado na saúde pública, que mais parece uma “parceria” com a catastrófica administração micarlista do PV, que também tinha a “mão” do DEM e do PMDB, o que não é nenhuma coincidência, passando pela inércia diante da seca e o aprofundamento de relações políticas que representam um retorno a um passado sombrio do RN, em que os coronéis governavam suas regiões como se fosse grandes fazendas, o governo agora se vê diante de uma situação no mínimo constrangedora : o pedido de prisão de dois auxiliares diretos da governadora.
De acordo com a Tribuna do Norte, “o desembargador Virgílio Macedo Júnior, do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, decretou a prisão em flagrante dos secretários estaduais de Administração e Recursos Humanos, Antonio Alber da Nóbrega, e do Planejamento e Finanças, Francisco Obery Rodrigues Júnior, por descumprimentos de decisões judiciais que determinam a concessão de reajuste salarial a servidores públicos estaduais, conforme a Lei Complementar nº 432/2010, que instituiu o Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração dos Órgãos da Administração Direta do Poder Executivo, e que não vinha sendo respeitada pelo Governo do Estado”[1].
 
Alber : fidelidade e prisão.
Alber, fiel servo do clã Rosado, demonstra no seu currículo[2] a sua fidelidade ao clã, o que significa arriscar-se a meter-se numa pendenga judicial por cumprir as ordens do nosso rasputin e simplesmente ignorar, segundo o desembargador, as decisões oriundas da Justíça.
 
Obery : desrespeito e prisão.
Já Obery é outro fiel servidor do clã, tendo inclusive feito parte da equipe de transição de Rosalba em 2010 e desde 1975 trafega nos governos, assessorando ou sendo gestor nas diversas administrações, mas especialmente sendo colaborador ativo do Clã Rosado[3].  nele!
Ambos teimaram em respeitar as ordens da governadora e desrespeitar as decisões judiciais desde 2010, e agora estão sendo “procurados” pela justíça, como se ninguém soubesse onde andam. É de se imaginar que os dois secretários cumpriam ordens, ou será que são dois abestalhados que decidem fazer as coisas por conta própria. Duvido.
Obviamente que essa prisão durará o tempo suficiente para que o exército de advogados do governo entre em ação e evite a prisão desses dois servos, mas demonstra o claro e absoluto desrespeito que a atual gestão em pelos princípios democráticos e republicanos, ou quaisquer outro princípio que signifique boa gestão.


[2] http://www.saude.rn.gov.br/content/aplicacao/searh/instituicao/gerados/secretario.asp
[3] http://blog.tribunadonorte.com.br/abelhinha/curriculos-da-equipe-de-transicao-de-rosalba/59898
Fonte: Blog Velho Ranzinza

Propina para Renan e Henrique Eduardo

A Polícia Federal acusa homens de confiança dos prováveis presidentes do Senado e da Câmara de receber propina e traficar influência em benefício de um empreiteiro

Diego Escoteguy, com Murilo Ramos (de Maceió), Marcelo Rocha, Flávia Tavares e Leandro Loyola, ÉPOCA

Distinto público: abrem-se nesta semana as cortinas para o mais bufo dos espetáculos políticos deste ano. A partir da sexta-feira, os parlamentares escolherão os presidentes do Legislativo. O voto deles é livre e secreto.

Leia mais

 

%d blogueiros gostam disto: