Archive | julho 2015

Como o Brasil vai se imbecilizando com uma mídia imbecil

“Os principais veículos da imprensa se transformaram em panfletos políticos e vasculhar o noticiário em busca de jornalismo que valha uma referência tem sido como buscar um fio de cabelo no palheiro”.

Por Fernando Brito*, no Tijolaço

 

 

A frase, parte da despedida do excepcional comentário radiofônico de Luciano Martins Costa, do Observatório da Imprensa, é um triste retrato do que restou a nós que, sem estruturas profissionais suficientes para produzir apuração própria de informações no dia-a-dia, queimamos a nossa escassa mufa comentando o que se passa na imprensa brasileira.

A coisa ficou tão rastaquera que, só de sexta-feira para cá, há uma coleção de bobagens nos jornais brasileiros que deixaria exausta uma reencarnação de Sérgio Porto e seu Stanislau Ponte Preta, com o Festival de Besteiras que Assola o País.

Fernando Rodrigues, por exemplo, encontra o desenho de uma metralhadora na planta do prédio do presídio para o qual foram transferidos os presos da Operação Lava Jato. Tome de imaginação…O resto é um “tour” por celas e corredores, numa edificante versão cult dos programas “mundo cão” que infestam a TV brasileira nas tardes desocupadas…

A Veja dá capa sobre a iminente “delação premiada” de um dirigente de empreiteira que a defesa do dito cujo diz nem estar em cogitação e que, se estiver sendo negociada por terceiros, seria motivo para o abandono do processo…

Mentiu-se e desmentiu-se um suposto encontro entre Lula, Dilma e FHC, episódio encerrado com uma nota desprovida de ferraduras deste último.

Transformaram-se simples gravuras em “pinturas de alto valor” doadas a José Sergio Gabrielli e Graça Foster na Petrobras.

Ah, sim, esqueci de citar que a Polícia Federal, o Ministério Público e o Dr. Sérgio Moro desconfiam que Marcelo Odebrecht, depois de um ano dedicado a escrever mensagens e bilhetes que seriam comprometedores, iria fugir para o exterior…

Não sei se a Operação Lava Jato produziu uma queda de 1% no PIB, como disse hoje a presidenta Dilma Rousseff, mas certamente isso não foi um décimo o que ela derrubou da inteligência nacional, se é que ainda é possível incluir nela a imprensa brasileira.

O império do ódio, do maniqueísmo, da intolerância e da imbecilidade tomou conta de uma parcela da elite brasileira e da parcela que a orbita nos meios de comunicação, inclusive hoje.

De tal modo e com tanta força que é preciso buscar nas profundezas do povo o remédio para enfrentar o lixo tóxico que formou uma multidão de zumbis.

*Fernando Brito é jornalista.

Vereador de Natal poderá devolver R$ 16 mil à Câmara Municipal da capital potiguar

marcospsolDepois do recesso, o vereador Marcos do PSOL volta às atividades na Câmara Municipal de Natal com um problema. Vai encarar a Comissão de Ética que apura suposto “mensalinho” no seu gabinete.

Além disso, ele pode ser punido por ter gasto a verba de gabinete com itens não permitidos. Segundo cálculos preliminares, Marcos poderá ser obrigado a devolver de R$ 16 mil.

Fonte: Blog do Robson Pires

Senadora Fátima Bezerra avalia João Braz como sendo um “bom nome” para a disputa em 2016 em Caicó/RN

11805948_744562762338117_2117022869_n (1)

Se depender do apoio da senadora Fátima Bezerra (PT) para o projeto de João Braz (PCdoB) rumo a prefeitura de Caicó decolar, o primeiro passo já foi dado. Em entrevista à imprensa nesta quinta-feira (30) a senadora potiguar disse que o advogado é um bom nome para a disputa e que o eleitor precisa apostar em mudanças.

Em tempo: Se para um bom entendedor meias palavras bastam e se uma imagem vale por mil palavras, o apoio “já está fechado”!

Fonte: Blog do Robson Pires

Encontro Estadual da CTB/RN elege delegados ao Conselho Nacional

RIO GRANDE DO NORTE

A CTB Rio Grande do Norte realizou no último sábado (25), seu 4ª Encontro Estadual, atividade preparatória ao 2º Conselho Nacional, que acontece entre os dias 29 de setembro e 1º de outubro, em São Paulo.Dezenas de dirigentes participaram do encontro entre eles trabalhadores dos Correios, confecções, rodoviários, petroleiros, bancários, agentes de edemias, servidores públicos, trabalhadores em condomínios, vigilantes, dentre outros. Além de eleger os delegados e delegados, os sindicalistas tiveram a oportunidade de contribuir com propostas que serão encaminhadas à etapa nacional.

conselho rn5

A Plenária também foi a oportunidade dos dirigentes sindicais realizarem uma análise de conjuntura e um balanço das atividades e plano de lutas.

Ao afinal do encontro houve a eleição dos delegados (as) que irão participar do 2º Conselho Nacional. Foram eleitos a presidente do Sindconfecções/RN, Maria dos navegantes, presidente da CTB/RN, Moacir Soares e como observador Batista do núcleo de educação pública do RN.

Sob o tema “Democracia e Desenvolvimento com Valorização do Trabalho rumo aos 10 anos”, o evento foi realizado na Cidade da Criança e acompanhado pelos dirigentes Eduardo Navarro da CTB Nacional.

Também prestigiaram o encontro, José Rodrigues da CUT/RN, Joaquim Bezerra da Nova Central e George Câmara Secretário de Esporte do RN.

Fonte: Sindconfecções/RN e CTB Nacional

Petroleiros do RN paralisam atividades e promovem protestos em defesa da Petrobrás

Movimento defende Petrobrás, pré-sal e repudia novo Plano de Negócios da estatal
destaque

Foto: Gilson Sá

A categoria petroleira norte-rio-grandense compreendeu a gravidade do momento político e atendeu ao chamamento do SINDIPETRO-RN, incorporando-se à greve nacional de 24 horas, que está sendo realizada nesta sexta-feira, 24 de julho. O movimento integra a agenda da Campanha Reivindicatória-2015 dos trabalhadores do Sistema Petrobrás e acontece em todas as unidades administrativas e operacionais da Companhia.

Em Natal, a paralisação teve início às 5h00, com a suspensão do embarque de turma para o Polo Guamaré. A partir de então, os empregados que chegaram à sede da Petrobrás, na Cidade da Esperança, passaram a se concentrar em frente ao portão principal de acesso às instalações. Às 9h00, quando começou um ato público que contou com a participação de diversas entidades, a adesão ao movimento já era estimada em cerca de 80%.

Em Mossoró, com forte apoio de trabalhadores terceirizados e de representantes dos movimentos sociais, os petroleiros promoveram um trancaço na BR 304, em frente à entrada da Base-34 (sede administrativa da Petrobrás). Munidos de faixas e cartazes, centenas de manifestantes conseguiram bloquear o tráfego por mais de três horas, chamando a atenção de veículos de comunicação e da população local para as bandeiras do movimento.

Já, para os trabalhadores e trabalhadoras do Polo Industrial de Guamaré e das plataformas marítimas do Estado, a principal forma de participação na mobilização nacional desta sexta-feira foi a suspensão da emissão de Permissões de Trabalho e a paralisação de atividades. Nas duas áreas, foram liberados apenas os serviços considerados estritamente essenciais, que envolvessem segurança pessoal e operacional.

Reivindicações – Com a mobilização desta sexta-feira, os petroleiros reivindicam o arquivamento do Projeto de Lei do Senado nº 131/15, de autoria do senador José Serra (PSDB-SP), e rejeitam o novo Plano de Negócios e Gestão anunciado pela Petrobrás. O PLS 131 modifica o regime de partilha, retirando da estatal o papel de operadora única do pré-sal, assim como, os 30% de participação nas jazidas, a ela destinados.

Já, com relação ao Plano de Negócios e Gestão 2015/2019, recentemente aprovado pelo Conselho de Administração da Petrobrás, os trabalhadores denunciam as decisões de cortar US$ 89 bilhões em investimentos, com paralisação de diversos projetos; e de arrecadar US$ 57 bilhões com a venda de ativos, que poderá levar à privatização de subsidiárias e à alienação de campos de produção.

Para os petroleiros, caso sejam mantidas, tais metas significarão um profundo golpe no caráter integrado do Sistema Petrobrás, com diminuição de seu papel estratégico de instrumento estatal de fomento ao desenvolvimento, com forte impacto negativo em economias locais, nas quais, a exemplo do Rio Grande do Norte, a indústria do petróleo tenha peso significativo.

Fonte: Sindipetro/RN

Governador do RN sanciona lei que denomina Arena das Dunas “Marinho Chagas”

O governador Robinson Faria sancionou nesta segunda-feira (27) a lei que denomina a Arena das Dunas “Marinho Chagas”. O equipamento foi inaugurado em janeiro de 2014 e recebeu os jogos México vs Camarões, Gana vs Estados Unidos, Japão vs Grécia e Itália vs Uruguai, todos válidos pela Copa do Mundo FIFA Brasil 2014.

Ana SilvaEm Natal, a Arena das Dunas não conseguiu acordo com o ABC
Em Natal, a Arena das Dunas não conseguiu acordo com o ABC

Dentro de campo, a “Bruxa”, como era conhecido, foi escolhido como o melhor lateral-esquerdo da Copa do Mundo de 1974, e defendeu entre outros clubes as camisas do Botafogo (RJ), Fluminense (RJ), São Paulo (SP), ABC e América, ambos do RN. Marinho Chagas faleceu em junho do ano passado.

Emanuel AmaralMarinho Chagas costumava acompanhar os jogos do ABC
Marinho Chagas costumava acompanhar os jogos do ABC

“A nova denominação da Arena das Dunas faz justiça ao maior jogador que o futebol do Rio Grande do Norte já conheceu. Marinho Chagas defendeu não só os clubes, mas fez questão de representar em alto nível o nome do nosso estado pelo mundo”, disse o governador.

Fonte: Tribuna do Norte
%d blogueiros gostam disto: