Archive | janeiro 2016

Correios avançam no projeto de lançar marca própria de telefonia móvel

celular_correios

Em breve, os brasileiros poderão contratar serviços de telefonia móvel dos Correios. A empresa atuará como operadora virtual, ou seja, utilizará a infraestrutura e a frequência de operadoras tradicionais para comercializar planos de celular, mas sob a marca “Correios”. Neste momento, a estatal está na fase de recebimento de propostas (até 17 de março) das empresas interessadas em participar dessa iniciativa.

Para concorrer, a operadora deve estar presente em pelo menos 50% dos municípios brasileiros. Segundo o presidente da comissão de licitação, Ara Minassian, os Correios retomam o processo seletivo com um novo edital, aperfeiçoado com sugestões recebidas pelas operadoras.

 

Fonte; Blog do Robson Pires

Anúncios

Moacir “Potyguar” Soares: “Carlos Eduardo hoje sinaliza para a Direita”

Para o presidente da CTB no estado, o possível movimento em direção a Direita afastaria o atual prefeito de Natal do PCdoB.

Por: José Pinto Júnior
22/01/2016

Foto: Arquivo PN
O PCdoB, que hoje participa da gestão municipal por meio da secretária de Educação, Justina Iva, marcha a passos largos para desembarcar do governo Carlos Eduardo Alves (PDT) em Natal. Em encontro partidário recente, a sigla encaminhou nas instâncias internas o nome do atual secretário estadual de Esportes, George Câmara, para disputar a Prefeitura da capital nas eleições de outubro próximo.
Para Moacir Soares, que preside a CTB (Central dos Trabalhadores e trabalhadoras do Brasil) no Rio Grande do Norte, a tendência é que os comunistas se afastem do atual prefeito. De acordo com o sindicalista, o governo Carlos Alves foi eleito com aliados mais à Esquerda, porém recentemente deu uma guinada à Direita, ao se aproximar do PMDB do ministro Henrique Alves e flertar com o DEM do senador Agripino Maia. “Se Carlos vai para a Direita, ideologicamente se distancia do PCdoB”, argumenta o dirigente sindical.
Outro argumento é o fato de que uma candidatura própria do PCdoB possibilitaria a eleição de uma maior bancada na Câmara de Vereadores. Atualmente, o partido – que elegeu o próprio George em 2012 – conta com Jeoás Santos no Legislativo da capital, que assumiu o mandato quando George foi nomeado para a Secretaria de Esportes. “Com a candidatura própria, podemos expandir a bancada para três vereadores”, diz Moacir, que deve ser candidato em 2016.
Para o pré-candidato a vereador Lilico Bezerra, o nome de George orgulha o partido. “Temos orgulho de pertencer a um partido que tem um pré-candidato a prefeito como George Câmara, que é bastante preparado”, disse.
Para o presidente do partido a nível estadual, Antenor Roberto, a pré-candidatura de George “leva a experiência de participação nos governos federal, estadual e municipal”.
Fonte: Potiguar Notícias

Moacir “Potyguar” Soares, presidente da CTB no RN, concede entrevista ao Potiguar Notícias.

No programa Moacir falou sobre os desafios para a CTB em 2016.

Por: Segundo Freitas
20/01/2016

Foto: Redação
O presidente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) no Rio Grande do Norte, Moacir Potyguar Soares, foi o entrevistado de Tiago Rebolo e Hiago Luis para o Programa ‘Na Redação do PN’ pelas ondas da 87,7FM de Parnamirim, desta terça-feira. No programa Moacir falou sobre os desafios para a CTB em 2016.
“Esse ano será de grandes desafios, grandes disputas sindicais e também de política partidária. Deveremos ter renovação nas prefeituras a nível de Brasil e das câmaras municipais no nível legislativo, e isso nos remete a uma grande discussão com a classe trabalhadora para que de fato possamos escolher bem nossos representantes”, enfatiza.
Moacir que é filiado ao PCdoB, acredita que o partido terá uma participação maior que em outros pleitos. “Já era hora do Partido ousar em Natal, e a figura de George Câmara reúne todas as condições, pela sua luta, sua trajetória. Com isso a tendência é que a bancada na Câmara também aumente e tenha novos nomes, já temos uma lista de mais de 50 pré-candidatos”, completou Moacir.
Outro tema discutido foi a crise econômica e política que o Brasil atravessa, sendo destacado por Moacir o setor industrial como um dos mais penalizados. “A construção civil também passa por um momento de queda, todos influenciados por essa crise vivida no Brasil e também com resquícios da crise mundial”, concluiu o presidente.
Fonte: Potiguar Notícias
%d blogueiros gostam disto: