Trabalhadores natalenses dizem não ao golpe e reafirmam luta em defesa dos direitos, da Petrobrás e da Reforma Política

destaque

Foto: Graziella Sousa

A classe trabalhadora potiguar mais uma vez evidenciou sua disposição de luta. Nesta sexta-feira, 13, ocupou as ruas do centro da Cidade, em Natal, no Ato Nacional promovido pelas Centrais Sindicais, em defesa dos Diretos da Classe Trabalhadora, da Petrobrás, da Democracia e da Reforma Política. Por volta das 15h30, milhares de manifestantes já se concentravam em frente à Catedral Metropolitana, na Avenida Deodoro e, em seguida, rumaram em passeata até a Praça 7 de setembro.

Em seus discursos, representantes da CTB e CUT reafirmavam a disposição dos trabalhadores potiguares de defenderem a democracia, a Petrobrás e a continuidade do ciclo de desenvolvimento iniciado em 2002 com a eleição de Lula. Os líderes sindicais deixaram claro que os trabalhadores e trabalhadoras não permitirão a concretização do golpe que vem sendo orquestrado pela elite conservadora com o apoio da mídia golpista.

Em seu discurso, o presidente estadual da CTB, Moacir Soares, destacou a importância de defender a Petrobrás contra as tentativas de privatização. “No passado, fizemos a campanha ‘O petróleo é nosso’, hoje, promovemos outra: ‘A Petrobrás é nossa!’.. Vamos garantir o patrimônio do povo e o futuro da nação. Queremos que seja apurada toda e qualquer tentativa de corrupção da Empresa, sim, mas sem que haja manipulação na divulgação e na punição dos envolvidos”, frisou.

A diretora de Imprensa do SINDIPETRO-RN, Fátima Viana, alertou que tal como em 1954, com Getúlio com Vargas, e em 1964, com Jango, o Brasil está diante de um golpe iminente. Mas, apesar de as forças protagonistas dessa ofensiva serem as mesmas, o povo está diferente. Para Fátima, as pessoas, hoje, não estão mais condicionadas exclusivamente às informações divulgadas pela mídia tradicional. Por isso, a história não se repetirá. Para Fafá, a Reforma Política com o fim do financiamento privado de campanhas é um passo importantíssimo para se combater a corrupção.

Já, o Secretário-Geral do Sindicato, Márcio Dias, defendeu que os petroleiros da Petrobrás devem erguer a cabeça e orgulhar-se da Companhia que construíram. “Vocês são trabalhadores. Cidadãos. O suor de vocês não pode ser comprometido pela má conduta de alguns. Eu sou Petrobrás e levanto o meu crachá com muito orgulho”, finalizou.

A manifestação teve duração de aproximadamente duas horas, encerrando-se às 17h30, na Praça Sete de Setembro, contando com transmissão ao vivo, via internet, pela Mídia Ninja. Além da CTB, CUT e SINDIPETRO-RN, participaram do Ato diversas entidades dos SINDICAIS e dos movimentos sociais, tais como Mídia Ninja, UMES, UJS, FUP, SINTE, SINDSUPER, SINDIMETAL-RN, SINTECT-RN, SINTRO-RN, entre outras.

Fonte: Sindipetro/RN

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: