CTB Bahia faz festa para celebrar a casa própria

ctbba

“Entre que a casa é sua”. Foi com esta frase que a direção da CTB Bahia inaugurou oficialmente na noite desta sexta-feira (12/12), a sua sede própria, no bairro do 2 de Julho, em Salvador. O ato marcou a concretização de um projeto construído a muitas mãos nos últimos dois anos e que começou em 2012, quando o então presidente Adilson Araújo comprou o prédio, que depois de uma grande reforma agora está pronto para abrigar os cetebistas e também os movimentos populares da Bahia.

O ato de inauguração simbolizou muito bem a diversidade da atuação da CTB, contando com a presença do secretário estadual do Trabalho Emprego e Renda, Nilton Vasconcelos, de representantes do Governo do Estado, do PCdoB, do PSB, de entidades do movimento social, de parlamentares e também da direção nacional da CTB, que realizou a última reunião do ano na Bahia, especialmente para comemorar a conquista da sede com os cetebistas baianos.

“Esta sede tem um pouquinho de cada coisa e um pouquinho de muita gente. Um pouquinho dos que estão aqui e também daqueles que se foram. Esta é mais que uma celebração. É uma conquista importante. A gente sabe que a classe trabalhadora padece de um conjunto de necessidades. Então, nós pensamos em um espaço que pudesse abrigar os trabalhadores e funcionar como nosso laboratório. Esse sonho foi concretizado e só temos a comemorar. A CTB Bahia está de parabéns pela concretização deste espaço e por torna-lo atrativo para as lutas e também para as formulação de ideias estratégicas para a classe trabalhadora e as construções coletivas”, ressaltou Adilson Araújo, presidente Nacional da CTB.

Conquista coletiva

Durante todo o evento, a sensação de tarefa cumprida estava evidente nos rostos e gestos dos dirigentes da CTB Bahia, em especial, do presidente Aurino Pedreira. “No movimento sindical a gente sempre comemora as etapas cumpridas, pois é sempre uma batalha muito grande e contínua. A inauguração da sede própria, junto com a direção nacional da CTB e no dia em que a CTB comemora 7 anos é muito importante. Nossa ideia e que este espaço seja um centro de referências e uma trincheira de lutas neste momento histórico para o país, em que o movimento sindical e social estão travando uma grande batalha contra o retrocesso e por mais direitos. Estamos muitos felizes com esta conquista, que é coletiva “, comemorou.

A inauguração foi uma grande festa com poesia e música de boa qualidade, mas reservou também espaço para homenagear figuras importantes no movimento sindical baiano que faleceram. Washigton de Souza, Gilson Costa, José Caires Meira, José Barberino, Umberto Carvalho, Paulo Colombiano e Catarina Galindo serão sempre lembrados por aqueles que visitarem a sede da CTB Bahia, que colocou uma placa para homenageá-los na recepção do prédio. O ex-presidente do Sindicato dos Bancários de Sergipe José Souza também foi lembrado no ato.

Festa no Coliseu

Depois da inauguração os cetebistas de todo o país foram comemorar os sete anos de fundação da CTB no Coliseu do Forró, onde dançaram ao som de Adelmário Coelho e Magary Lord. A festa seguiu até a madrugada, com direito a concurso de forró, acarajé, bebida e muita animação.

Ascom CTB Bahia
Fotos Manoel Porto

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: