Motoristas terceirizados integravam quadrilha que roubava cargas dos Correios

A Polícia Federal (PF) detalhou ontem (31) o esquema da quadrilha que roubava cargas com encomendas da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) nas zonas norte e oeste da cidade do Rio. Durante as investigações, foram identificadas sete pessoas que tiveram mandados de prisão expedidos pela Justiça. Seis foram cumpridos durante a operação GPS, um integrante continua foragido. Também foram expedidos sete mandados de busca e apreensão. Segundo a PF, a quadrilha fez pelo menos 25 roubos e três integrantes são motoristas terceirizados dos Correios, que passavam informações privilegiadas aos comparsas.

De acordo com as investigações, os criminosos negociavam os produtos roubados e o material era levado para a área do Complexo do Chapadão, na zona norte do Rio. Os agentes realizaram as prisões em Guadalupe, Campo Grande, São João de Miriti e Coelho Neto. Também foram apreendidos eletroeletrônicos como televisores e notebooks.

De acordo com o delegado da Delegacia de Patrimônio da Polícia Federal (Delepat), Fábio Andrade, os criminosos, armados com pistolas e revólveres, abordavam os veículos carregados, depois de receberem informações dos motoristas.

Agência Brasil

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: